McDonald's encontra comprador para seus restaurantes na Rússia

Por: Redação DC

Foto:

O McDonald's iniciou o processo de venda de seus restaurantes na Rússia depois de mais de 30 anos no país A gigante de hambúrgueres disse que seu licenciado atual Alexander Govor, que opera 25 restaurantes na Sibéria, concordou em comprar 850 estabelecimentos e operá-los sob um novo nome. O preço da venda não foi divulgado. 

O McDonald's foi uma das primeiras marcas ocidentais de fast food a entrar na Rússia em 1990. Sua grande e reluzente loja perto da Praça Pushkin, em Moscou, sinalizava uma nova era de otimismo após a Guerra Fria. Mas o McDonald's fechou temporariamente suas unidades na Rússia em março por causa da invasão russa da Ucrânia, uma decisão que a empresa disse que custou US$ 55 milhões por mês.

O acordo de venda está sujeito à aprovação regulatória e deve ser fechado dentro de algumas semanas. Govor, licenciado desde 2015, também concordou em manter os 62 mil funcionários russos por pelo menos dois anos em termos equivalentes e pagar os salários até o fechamento da venda.

O McDonald's, no entanto, deixou em aberto a possibilidade de um dia retornar à Rússia. "É impossível prever o que o futuro reserva, mas escolho encerrar minha mensagem com o mesmo espírito que trouxe o McDonald's para a Rússia: esperança", escreveu o CEO Chris Kempczinski na segunda-feira em uma carta aos funcionários. "Assim, não vamos terminar dizendo 'adeus'. Em vez disso, vamos dizer como eles dizem em russo: até nos encontrarmos novamente." 

Data:

Por: Redação DC

Crédito da imagem:

PUBLICIDADE

Veja mais
Veja mais

Leia +

facebook-logo instagram-logo twitter-logo linkedin-logo
Siga nossas Redes sociais

©2021 - Diário Comercial. Todos os direitos reservados. anj-logo

©2021 - Diário Comercial.
Todos os direitos reservados.